I Encontro “Subjetividades e história regional: as pautas da psicologia no cerrado e Amazônia legal” é realizado em Araguaína; CRP-23 participa

WhatsApp Image 2020-02-17 at 10.22.50

No dia 15 de fevereiro, aconteceu na Faculdade Católica Dom Orione em Araguaína-TO o I Encontro “Subjetividades e história regional: as pautas da psicologia no cerrado e Amazônia legal”. O evento foi construído com o objetivo de produzir e sistematizar um conhecimento interdisciplinar acerca da psicologia regional a partir das demandas sociais.

As atividades foram desenvolvidas através de diversos espaços como rodas de debate, grupos de trabalho e feira agroecológica, pensados para garantir a participação ativa do público na construção dessa nova psicologia.

Durante o encontro o Conselho Regional de Psicologia do Tocantins (CRP-23), enquanto parceiro, promoveu o lançamento da Referência Técnica para Atuação da Psicologia com Povos Tradicionais.

A psicóloga pesquisadora do Centro de Referência Técnica em Psicologia e Políticas Públicas (CREPOP/TO), Stéfhane Santana da Silva (CRP 23/1223), representou o Conselho durante o lançamento da referência reafirmando o compromisso da psicologia com a pluralidade que constitui a diversidade de povos e comunidades no Brasil:

“A produção dessa RT é uma resposta às demandas apresentadas pela categoria no 8º CNP, demonstrando o fortalecimento do diálogo com o Sistema Conselhos, e que se caracteriza como um importante instrumento técnico, ético e político que tem como objetivo a promoção do respeito, dignidade e melhoria  da qualidade de vida dos povos tradicionais que existem e resistem nesse país.”.

Para Stefhane Santana o evento foi muito importante por impulsionar debates em que fosse possível discutir os rumos que a psicologia deve trilhar enquanto ciência e profissão.

“É preciso provocar uma reflexão crítica quanto às possibilidades de ação e práticas da psicologia frente às coletividades e seus contextos, que são recorrentemente marcados pela violência e negligência do Estado.”.

O I Encontro Subjetividades e História Regional – I ESHR foi fruto de parceria entre o curso de psicologia da Faculdade Católica Dom Orione (FACDO), entidades e movimentos sociais como a Comissão Pastoral da Terra (CPT), a Associação Brasileira de Psicologia Social (ABRAPSO), o Conselho Regional de Psicologia do Tocantins (CRP-23) e o Programa de Pós Graduação em Cultura e Territórios da Universidade Federal do Tocantins(PPGCult UFT).

Há previsão de que uma próxima edição do evento aconteça na Universidade Federal do Tocantins ainda neste semestre.

(Com informações da Ascom FACDO)

 

Comente via Facebook

Comentário(s)