Dep. Léo Barbosa solicita pagamento de Indenização Extraordinária de Combate à COVID-19 aos profissionais da Psicologia

leo barbosa
Dep. Léo Barbosa apresentando requerimento durante sessão na AL/TO

Em sessão ordinária da Assembleia Legislativa do Tocantins, realizada no dia 22 de setembro, o Deputado Léo Barbosa apresentou requerimento solicitando, em regime de urgência, o envio de expediente ao governador e ao secretário de saúde do Estado afim de instituir a indenização extraordinária de combate à COVID-19 aos servidores profissionais da Psicologia que atuam nas unidades hospitalares, os quais não foram remunerados mediante a lei Estadual nº 3705 de 22 de julho de 2020.

No documento, para o qual o CRP-23 forneceu subsídio quanto as informações sobre a categoria, o deputado Léo Barbosa destaca a atuação corajosa de psicólogas e psicólogos no suporte aos pacientes, familiares e demais profissionais da saúde no contexto da pandemia. Lembrando ainda que os profissionais da psicologia desempenham protagonismo na mediação de diálogo com a equipe multiprofissional e, além do atendimento psicológico beira leito, tiveram que se reinventar para oferecer também atendimentos online e proporcionar visitas virtuais aos pacientes.

“Todos os que estão na frente da linha de combate à COVID-19 são importantes. E não menos importantes são os psicólogos que trabalham junto aos leitos de hospitais passando às pessoas internadas a tranquilidade, o equilíbrio (…). Eles também têm um desgaste constante e estão todos os dias vulneráveis a serem contaminados nos hospitais.”, afirmou o deputado durante a sessão na AL.

O CRP-23 também havia encaminhado oficio ao secretário de saúde do estado do Tocantins, Luiz Edgar Leão Tolini, solicitando mais informações ao observar que os profissionais da psicologia não haviam sido contemplados pela Lei nº 3705 enquanto categoria que faz jus à compensação. O ofício protocolado no dia 30 de julho, oito dias após a publicação da referida lei, ainda não obteve resposta.

 

Comente via Facebook

Comentário(s)