CREPOP inicia pesquisa no âmbito da Rede de Atenção Psicossocial

0001

 

 

O processo da Reforma Psiquiátrica teve início ainda na década de 70 a partir da mobilização dos profissionais da saúde mental, familiares e usuários que necessitavam de tratamento. Com esse processo diversas transformações ocorreram no âmbito do atendimento à saúde mental e atenção psicossocial, o modelo de cuidado prestado às pessoas em sofrimento psíquico luta pela garantia de direitos e pela construção de um novo lugar social para o “sujeito louco”. Nesse sentido, o Centro de Referência Técnica em Psicologia e Políticas Públicas (Crepop) do CRP-23 convida todas (os) profissionais psicólogas (os) a participarem da pesquisa referente à atuação na Rede de Atenção Psicossocial (Raps), levando em consideração que esse tema foi formulado durante o 9º Congresso Nacional de Psicologia (CNP, 2016) e definido pela Assembleia de Políticas, Administração e Finanças (Apaf, dez/2017) do Sistema Conselhos de Psicologia para o ciclo de pesquisa de 2018.

Assim, o Crepop inicia a fase quantitativa da pesquisa sobre atuação de psicólogas (os) no âmbito da Rede de Atenção Psicossocial (Raps). O questionário on-line ficará disponível até 29 de março de 2019. A participação é voluntária e consiste na resposta aos itens do questionário que permitam investigar a inserção das (os) psicólogas (os) na Raps.

Para participar acesse o link abaixo:

http://www2.cfp.org.br/consultapublica/2018/raps/

 

 

Comente via Facebook

Comentário(s)